O QUE KAKÁ NO REAL MADRID TEM A VER COM O GRÊMIO?!

O Real Madrid, clube mais rico e mais vitorioso da história do futebol mundial, tem por hábito buscar a recuperação de uas más fases a partir de demonstrações pesadíssimas do seu poderio econômico.

Além de ter trazido os dois últimos jogadores escolhidos como melhores do mundo na festa anual da FIFA, o brasileiro Kaká (2007) e o português Cristiano Ronaldo (2008), o presidente Florentino Pérez (o mesmo que trouxera Ronaldo, Zidane, Beckham e Figo na geração vitoriosa de 2002 conhecida como “Os Galáticos“) fez um mise-en-scène impressionante na apresentação do melhor jogador da Seleção Brasileira desde 2006.

Destaco, de toda a festa, a foto acima: os espetaculares departamentos de Marketing e de Comunicação do Real Madrid enfileiraram as NOVE taças da UEFA CHAMPIONS LEAGUE na passarela que acolheu Kaká. Além disso, o presidente de honra e maior jogador da história do clube, o argentino ALFREDO DI STEFANO, estava lá, prestigiando o maior orgulho do futebol brasileiro contemporâneo.

Voltando à nossa realidade, é preciso que o Grêmio abra bem seus olhos e trate de fazer o dever de casa: a cada contratação DE-CEN-TE (ou, seja, não é pra apresentar os dispensáveis Ruy e Alex Mineiro que se monta uma estrutura dessas), deve-se pôr todas as LIBERTADORES, a COPA INTERCONTINENTAL (que significava, de fato, o título mundial em função do contexto do futebol de então), os BRASILEIRÕES e as COPAS DO BRASIL como corredor e vitrine para a nova esperança que se apresenta. De quebra, que traga-se sempre que possível RENATO PORTALUPPI para apresentá-lo:

“GRÊMIO, FULANO. FULANO, GRÊMIO. SE FIZERES 30% DO QUE EU FIZ PRA ESSA GALERA AÍ, ELES NUNCA IRÃO SE ESQUECER DE TI. GARANTO QUE NEM NO FLAMENGO A TORCIDA SERIA CAPAZ DE TE APOIAR COMO A NOSSA GERAL”.

É como a piada da linguiça: para a mídia de massa, o maior dentre os embutidos postos à mesa impõe mais respeito sim, senhor. Além disso, serve como estímulo e pressão positiva sobre o novo jogador, pois deixa às claras o que dirigentes, comissão técnica e torcida de um clube de tradição esperam de seu desempenho dentro E FORA de campo.

Caso essa simples medida tivesse sido tomada há mais tempo, garanto que muitos dissabores e muito dinheiro posto fora teriam sido evitados.

BERLUSCONI NA TV: KAKÁ FICA

[vodpod id=ExternalVideo.773427&w=425&h=350&fv=%26rel%3D0%26border%3D0%26]

more about "BERLUSCONI NA TV: KAKÁ FICA", posted with vodpod

Os comentaristas tornaram-se torcedores na hora: observem o momento em que o âncora do programa pede pra cortar o microfone dos demais componentes da mesa (ou, ao menos, daquele que se mostrou mais “saliente”… :P

Se eles não são milanistas, das duas, uma: ou vibraram de maneira provinciana (‘Chupa, Inglaterra: ele prefere a Itália!’)…

…Ou são uns baita puxa-sacos do primeiro-ministro e dono da emissora. :P

Falando nisso, a Itália é muito mais reaça do que o Brasil. Pelo menos aqui nos resta o consolo de quew o principal mandatário político do nosso país não é o mesmo cara que domina a mídia como lá.

BRASIL 6×2 PORTUGAL

LUÍS FABIANO comemora sua tripletta enquanto RONALDO 7 fica desolado com a sumanta

Não assisti ao jogo porque estou terminando a prévia do capítulo metodológico da minha dissertação*. Mas nem precisei: basta apenas ler a manchete de capa da edição de hoje do periódico lusitano A BOLA pra perceber duas coisas…

1) O RONALDO GAJO tem tanta sorte quanto talento. Porém, sua personalidade popstar e o péssimo treinador CARLOS QUEIROZ jamais contribuiriam para a sua virtual eleição como o melhor do ano pela FIFA. Levando-se em conta o grande período parado recuperando-se de cirurgia no início deste 2º semestre; a volta de KAKÁ aos bons tempos após um primeiro semestre desastroso (MILAN mal das pernas, cirurgia no joelho e SELEÇÃO mal nas ELIMINATÓRIAS) e, sobretudo, o barbarizante LIONEL MESSI e o novamente eficiente e alegre SAMUEL ETO’O destruindo a tudo e a todos pelo BARÇA de PEPE GUARDIOLA, seu reinado tende a ser brevíssimo;

2) FALEM MAL DO DUNGA!!! Aqui no RS, quem não gosta do DUNGA são os mesmos que não têm paciência com CELSO ROTH. Até o melhor técnico do planeta na atualidade, FELIPÃO**, afirmou que basta esperar por apenas mais dois ou três jogos tensos disputados sem nenhuma ousadia com o objetivo de garantir a classificação matemática à COPA DO MUNDO 2010 que o grupo irá soltar-se tanto quanto no amistoso de ontem no remodelado BEZERRÃO (com dinheiro público, só pra variar – essa COPA DE 2014 vai ser falcatrua em cima de falcatrua);

3) Sempre gostei muito do RONALDO 7 – ídolo máximo do FLÁVIO, meu afilhado flamenguista. Só que estou ficndo velho, chato, exigente demais e cheio de frescuras com uma série de coisas que me chateiam no futebol atual. Então, vou dar uma de FERNANDO CALAZANS: olha, vá que, de repente, mesmo que não seja possível comparar alhos com bugalhos, caso fossem contemporâneos, creio que este 7 português não pegaria nem banco do NOSSO 7

*Falando nisso, dentro em breve, precisarei imensamente de uma ajuda tão simples quanto gratificante de vários blogueiros aqui de POA – inclusive de alguns cujos posts e comentários não puderam fazer parte da minha amostra para esta pesquisa. Afinal de contas,  o trabalho deles é tão relevante em termos de sociabilidade, cidadania e ciberativismo que eu já tenho na manga pelo menos uns dois artigos a ser apresentados ou publicados em algum congresso ou revista em 2009.

Fiquem ligados! ;)

**Imperdível entrevista com o sempre tricolor na revista TRIVELA. E não deixem de assistir aos trechos do especial FELIPÃO 60 ANOS no ESPN 360º, onde ele deixa claro que é gremista desde criancinha!

, , , , , , , , , , , , , , ,

Powered by ScribeFire.

DUNGA NÃO VAI LARGAR O OSSO

                Dunga ouve Jorginho durante o empate de 0 a 0 com a<br />                     Bolivia, no Engenhão<br />

Minha Lu havia dito algo tão original quanto divertido e verdadeiro ao mesmo tempo logo após a vitória sobre o CHILE:

– MAS AH, DUNGA, HEIN?! CONSEGUIU TIRAR O [PIII!!!] DA BRASA!!! :P

Ao que tudo indica, ele gosta de viver perigosamente: contra a “fortíssima” BOLÍVIA em pleno ENGENHÃO, um reles empate em 0x0.

Não tem perdão nem para ele, nem para os jogadores.

Engraçado: ele não obteve resultados mais expressivos quando utilizava mais JÚLIO BAPTISTA e ELANO pra carregar o piano e dar uma ajuda lá na frente ao invés de JOSUÉ, MINEIRO, HERNANES e LUCAS? Tudo bem que RONALDINHO e KAKÁ estão no estaleiro há tempos e, quando em forma, eram os diferenciais de qualidade da seleção. Porém, nenhum dos dois mostrou futebol decente e regular ao mesmo tempo durante toda a ERA DUNGA.

Também não gosto de MAICON nem de JEAN. O último, útil no FLAMENGO, provou não ter personalidade pra vestir a camiseta da seleção.

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Powered by ScribeFire.

RONALDINHO É DO MILAN

Agência/Reuters

Perdoem pelo atraso e pela pouca assiduidade aqui no blog, mas vida de mestrando é assim, mesmo. ;)

Pra mim, ele volta a ser o que era antes – independentemente do que muitos gremistas pensem dele ou de seu irmão e agente ASSIS.

Sabe-se lá por quais critérios (certamente não são científicos), RONALDINHO é o jogador mais querido dos brasileiros. KAKÁ, agora seu colega de clube, é o mais querido pelas mulheres.

No GLOBOESPORTE.COM, o agente italiano Ernesto Bronzetti afirmou que Ronaldinho recusou “uma quantia assombrosa de dinheiro” ao preferir o MILAN ao invés do MANCHESTER CITY.

Os ingleses ofereceram-lhe um
contrato de cinco anos. Salário: US$ 12 MILHÕES líquidos por
temporada (R$19.187.999,72 por ano, no câmbio de hoje).

O agente italiano revelou, ainda, que o ex-gremista preferiu renunciar aos 15% a que tinha direito pela transferência de seus direitos federativos e por quase o dobro dos vencimentos oferecidos pelo Milan.

Desejo muito boa sorte e a volta das conquistas pelo clube e também individuais do jogador. Apesar da sua saída conturbada do GRÊMIO, ela se deveu à pressa do irmão Assis em colocá-lo na Europa e, sobretudo, à avassaladora incompetência jurídica da gestão do presidente José Alberto Guerreiro.

Considero falta de maturidade e de reflexão nutrir pelo craque sentimentos absurdos como raiva, inveja, ódio, sensação de abandono ou até mesmo considerá-lo “mercenário”. Afinal de contas, caso surgisse uma oportunidade financeira e de aprendizado sócio-cultural tão rica, duvido que qualquer um dos que criticam o jogador não fariam o mesmo.

Por outro lado, ele deu muito pouco ao TRICOLOR DOS PAMPAS, já que profissionalizou-se em uma época na qual o plantel era apenas razoável. Ele apenas percebeu que uma andorinha não faz verão e foi-se embora.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...